Sábado, 11 de Outubro de 2008

A VOLTA DO MILHAFRE

 

                                                                CONVERSA

 

Já sentia que algo ia acontecer quando o milhafre sobrevoou o vale mais baixinho que o costume.

Deixei correr o dia com naturalidade pesquisei na net escrevi no hi5 respondi a algumas perguntas enfim fim de tudo um pouco.

E ainda pintei para terminar mais uma aguarela.

E ainda a noite não tinha chegado quando tive uma visita inesperada.

Conversei de vários pontos de vista e opiniões,mas acabei por ter um pouquinho de medo quando respondi sim a uma determinada pergunta.

 

Andei quase três horas com o carro sem saber aonde parar.

Pegava na maquina fotográfica e olhava para o céu e mais uma foto eu tirava.

Ela me apanhou de surpresa lá isso apanhou.

Não contava falar com ela nem tinha ensaiado qualquer resposta.

Todas as minhas respostas foram espontaneas até parecia que já estariam gravada no meu cerebro.

Quando acabo o meu almoço principalmente ao Domigo vou para o jardim saborear o meu cigarro.

E todos esses dias vejo os Milhafres a levantar voo em direcção certa .

Par onde?

Para o Gerês para nós é uma grande caminhada para eles é bater azas e dançar nos céus fazer quatro cinco circulos e ai estam eles prontos ao seu rumo.

Eles andam sempre na encosta e isso me dá uma visão em que me deixo pairar pelos seus olhos.

Me deixo vaguear porque todo o seu percurso eu conheço.

Por isso eu investi muito e muito tempo nas minhas viagens ao Gerês.

Por isso eu as encontro no meio do meu percurso.

No Gerês vi e senti algo que jamais teria encontrado a minha paz interior.

Quando vou para o ponto mais alto que consiga ir, dai vejo muitas, mas muitas luzes a brilhar lá no fundo.

A vista é linda, meus olhos ficam cegos por não poder bater asas, como faz o Milhafre.

Voar voar e nunca mais parar.

Muitas vezes me deparo com os cavalos selvagens e quando aparecem pela noite na sua galopada feróz  faz com que eu pare e os veja na sua correria louca.

O Milhafre me deu outra visão a visão da vida.

A vida tanto é doce como amarga consegui contactar contigo pela manhã e pela noite eu te foi ver.

 

Serás tu a mesma pessoa ou estarei a sonhar com tanta verdade.

Tanto que é verdade que pela noite foi até ao Gerês.

 

QUERO TER FORÇAS PARA TE ENFRENTAR 381 E DEPOIS O QUE SERÁ DE LÁ PARA A FRENTE AGUARDO IMPACIENTEMENTE POR UM SINAL

 

antoniofernando07 às 11:45
link do post | comentar | ver comentários (1)

mais sobre mim

pesquisar

 

Abril 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

A VOLTA DO MILHAFRE

últ. comentários

Boa tarde,o seu blog está em destaque nos Blogs do...
Tens toda a razão naquilo que dizes.Boa sorte para...
que assim seja
Olá AntónioAssim é que é falar para as mulheres
tem um feliz mes de maio
Quando sofremos dámos valor a toda a felicicidade,...
Adoro tudo o que escreves... mesmo quando escolhes...
Devemos definir o que é a nossa felicidade para en...
É bom lembrar, recordar...É péssimo exibir mulhere...
brush=pincel em inglês e não broche!e não se pronu...

arquivos

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

tags

69

acreditar

alma

almagemeaamor

amanha

amar

amar beleza coração

amar e ser amado

amar felecidade

amargura triste amor

amizade

amizadenãotempreço

amo-te

amor

amor ao luar

amor e paz

amor livre saude

amor sonhos desejos paz união

amorideiariqueza

amorsonho

ana

andar

aniversário amor carinho amizade

aprender

aprender meditar

arco-iris

aventura

avião

batalha

braga

broche

calendário

coisas

combinado

comparando amor

conquistas

dedicação

desejo

dia de reis

diadosnamorados

doi que se farta

é sempre assim

em harmonia

ésdosul

espelhomeu

esperança

estupidas

eu

eu aniverário lua vida

euamorbraga

falandocomalguém

fé no amanha

felecidade

felicidade

floresta

fordgt

foto especial

free

frio calor amor

futebol

gemea

gritar381

handjob

hugo daniel

ideia poema escrita

lar casamento

longepertorealinrreal

love

luar estrelas

maisemais

meditar

milhafre

minho

musicasuave

na noite de natal

natal xana

natureza

no

no amor

no céu

numeros

obrigação libertação

ofirnumatardedeinverno

osinaldomilhafre

paz

pensamento

perfume amor flor

pesca

petita de oiro

praia

prisão

promessa

realizado

respeito

the verne

uma causa

vaguear

vida

xana

todas as tags

subscrever feeds